9 ago

15 características da ENERGIA ORGÔNICA (Prána, Bioenergia)

 

Você sabe quais as características do Prána, conhecido também por Chi pelos chineses, ou por Ki pelos japoneses, ou por Bioenergia, ou ainda por Energia Orgônica, entre outro nomes?

Essa energia deixou de ser uma força metafórica e hipotética para ser comprovadamente uma energia física, ainda que pouco estudada, divulgada e conhecida, até mesmo entre a maioria dos cientistas.

Ela possui inúmeras propriedades, características e aplicações. Segue então 15 de suas características:

  1. A Energia Orgônica é carregada e irradiada de todas as substâncias vivas e não vivas.
  2. Ela pode facilmente penetrar em todas as formas de matéria, porém com diferentes níveis de velocidade e influência.
  3. Todas as matérias afetam de alguma forma a energia orgônica, atraindo-a e absorvendo-a, ou também repelindo-a ou refletindo-a
  4. Ela é acumulada pelos seres vivos através da alimentação, da água, da respiração e pela pele.
  5. Ela pode ser influenciada, dirigida e moldada pela concentração mental de pessoas devidamente treinadas.
  6. Ela pode ser vista, sentida, medida e fotografada.
  7. Ela também se manifesta de forma livre na atmosfera e no vácuo.
  8. Ela é excitável, concentrável e espontaneamente pulsátil, capaz de se expandir e de se contrair.
  9. A carga de energia orgônica em determinado ambiente ou em certa substância, vai variar ao longo do tempo, normalmente de modo cíclico.
  10. A energia orgônica é mais fortemente atraída para coisas vivas, para a água e para si mesma.
  11. Ela apresenta excitação e atração mútua de separadas correntes de energia orgônica ou de sistemas separados carregados com prána.
  12. A energia orgônica pode seguir um determinado curso, ou flutuar de um lugar para outro na atmosfera, mas ela geralmente mantém um fluxo do oeste para o leste, movendo-se com a rotação da Terra, porém ligeiramente mais rápida.
  13. A energia orgônica é livre de massa.
  14. Ela também é negativamente entrópica.
  15. A energia orgônica se relaciona diferentemente com outras formas de energia, como a nuclear, eletromagnética, elétrica, fricção etc)

Quanta coisa interessante eim?. E quase ninguém sabe!


9 jun

Cicatrização acelerada [#Acumulador Bioenergético]

acu2

 

Relato rápido do Venício Loenert sobre sua percepção do efeito acelerado da cicatrização (de um pequeno corte da boca) acontecer após utilizar o Acumulador Bioenergético (Caixa Orgônica) em um dia por aproximadamente 20 minutos.

Segue link do vídeo sobre a utilização do Acumulador Bioenergético em saúde pública aqui no Brasil e seus efeitos sobre a cicatrização.

https://www.youtube.com/watch?v=UnmypwUqFf8


Saiba mais sobre nosso serviço de ACUMULADOR BIOENERGÉTICO

25 abr

Acumulador Bioenergético no documentário Energia da Vida

bio

 

Recortes do documentário Energia da Vida sobre o Acumulador Bioenergético (Caixa de Orgon) de Wilhelm Reich.

Esse documentário foi produzido por Luiz Fernando Sarmento e Ralph Viana em 1993, entrevistando prioritariamente o Dr Luiz Moura, e também o Dr Alex Leon Flores Xavier.

O propósito deste vídeo é mostrar mais esclarecimentos sobre o Acumulador Bioenergético que que temos no Espaço NADi para sessões de atendimento.


Saiba mais sobre nosso serviço de ACUMULADOR BIOENERGÉTICO

1 set

A Energia Universal

univ

 

Nós ocidentais nos referirmos a respiração apenas como, a absorção do oxigênio e seu uso através do sistema circulatório, os orientais já leva em consideração a absorção da energia universal ou vital, a esta energia os orientais a nomearam como, Prana (Índia), Chi (China), Ki (Japão). Essa energia é a soma de todas as energias do universo.

O calor, a luz, a eletricidade, o magnetismo, o som, a afinidade química, o movimento, são manifestações de prana, ki, chi. Tudo que se move ou tenha vida é uma expressão dessa “Energia Vital”.

No plano físico, constrói todos os minerais, que provoca a diferenciação e a formação dos diversos tecidos dos corpos das plantas, dos animais e dos homens. Essa energia vital é absorvida por todos os organismos vivos, uma determinada quantidade dessa energia é necessária para a sua existência, não é, pois, de maneira alguma um produto da vida, pelo contrário, o animal vivo, a planta e tudo mais é que são seus produtos.

Traduzindo para os termos ocidentais, Prana, Chi, Ki, no plano físico é vitalidade, é energia integrante que coordena as células físicas e as reúne num organismo definido; é a energia vital de que o organismo humano se apropria durante um breve período de tempo que denominamos “Vida”.

Sem a presença dessa energia o corpo seria então somente um agregado de células independentes, Essa energia vital ás reúne e as coordena num todo único e complexo.

O homem extrai energia universal de diversas fontes como o Sol, agua, ar dos alimentos e mais. A energia extraída do ar é assimilada pelo sistema nervoso e aproveitado para sua função, assim como o sangue oxigenado circula por todas as partes do organismo e cuida da sua reconstrução e reparação, assim também por todas as partes do sistema nervoso, levando-lhes força e vitalidade.

Da mesma forma que o oxigênio do sangue é consumido pelas necessidades do sistema, a provisão dessa energia vital é esgotada pelos nossos pensamentos, violações etc. Para mover um músculo o cérebro envia um impulso aos nervos e os músculos se contraem ocasionando um dispêndio de energia vital proporcional ao esforço realizado.

Um Yogi afirma que todos os estados doentios e anormais do corpo são causados diretamente por uma manifestação imperfeita ou fraca da energia vital e indiretamente por uma atividade mental prejudicial. A saúde é, portanto, o afastamento dos obstáculos que impedem a energia vital de agir de um modo absolutamente normal.

Quando respiramos apropriadamente, alimentamos cada parte de cada sistema do corpo. Todo ar que respiramos contém energia vital que proporciona vida e alimentar-nos-á se tivermos consciência bastante  para faze-lo atuar.

Existem muitos exercícios respiratórios que auxiliarão a desenvolver esta consciência. Eles podem ter efeito profundo sobre seu estado mental e físico e sobre seu desenvolvimento interior.

( Fonte: Svásthya Yoga – Marinho, Ana Maria- 3ª Edição. Editora Ground Ltda. 1988 S.P. 1988)


Autor: Ms. Claudio Ribeiro é Terapeuta holístico, Educador físico, filósofo, psicopedagogo, mestre em artes marciais


Saiba mais sobre nosso serviço de TAI CHI CHUAN