16 set

Vamos fazer Jejum de 36 horas?

Você já fez jejum? Creio que certamente sim, se considerarmos que alguma vez você teve que ficar em jejum para fazer algum exame médico laboratorial.

Porém, podemos considerar que esse é um micro jejum, e nem dá para contar. Existem vários tipos de jejum, e com várias durações.

Tanto a tradição do Yoga, passando pela vivência empírica de milhares de pessoas no mundo todo por centenas de anos e até mesmo pesquisas científicas recentes, todos têm alegado que jejuns curtos e intermitentes são extremamente benéficos para a saúde do corpo e da mente.

Quero focar aqui o jejum de 36 horas. Isso mesmo queridos comedores de 3 em 3 horas. Imagine você ficar 36 horas sem se alimentar!

Parece um loucura né? Um pecado! Uma insanidade. E você deve estar se questionando: mas o certo não é se alimentar de 3 em 3 horas? Bem, segundo pesquisas recentes a história não é bem assim, e mais para frente pretendo fazer um video sobre alguns fundamentos médicos e científicos do jejum.

Por hora, indico o texto que que aparece aqui ou na descrição que comentará numa linguagem acessível os benefícios do jejum
http://www.culturadapaz.com.br/7-principais-beneficios-do-jejum/

Então agora vamos para a o protocolo do jejum de 36 horas. O programa a seguir visa introduzir você de uma maneira gradativa ao hábito de jejuar, para que a experiência seja gratificante e sem muitas dificuldades, adaptando gradualmente o corpo e a mente a essa experiência.

A ideia é fazer uma vez por semana, e se estabelecer no jejum de 36 horas.

{1ª a 3ª semana
O programa se inicia com um jejum bem leve de
meio período. Ou seja, você acorda pela manhã e não se alimenta até a hora do almoço. Durante esse período, ingerir apenas água de coco, chás (sem açúcar) e/ou água*.}

Considerando que sua última refeição na noite anterior foi as 21h, então aqui já serão 15 horas de jejum.

{4ª a 6ª semana
Agora passamos para um
jejum de 2 períodos. Ou seja, você acorda pela manhã e não se alimenta até as 18h. Durante esse período, na 4ª semana ingerir um suco de frutas na hora do almoço, se preferir; na 5ª semana, um suco verde na hora do almoço, se preferir. No resto do tempo manter-se apenas com água de coco, chás (sem açúcar) e/ou água.*}

Considerando que sua última refeição na noite anterior foi as 21h, então aqui já serão 21 horas de jejum.

{7ª a 9ª semana:

o propósito aqui é ficar 27 horas de jejum.

{Ou seja, na noite anterior, você se alimentar até as 18h, e só volta a se alimentar as 21h do dia do jejum. Durante esse período, na 7ª semana ingerir um suco de frutas em algum momento, se preferir; na 8ª semana, um suco verde em algum momento, se preferir. No resto do tempo manter-se apenas com água de coco, chás (sem açúcar) e/ou água*.}

{10ª a 12ª semana:

o propósito aqui finalmente alcançar 36 horas de jejum.

Ou seja, na noite anterior, você se alimenta até as 18h, prossegue o 2º dia inteiro de jejum, e só volta a se alimentar no terceiro dia depois das 6h da manhã. Durante esse período, na 10ª semana ingerir um suco de frutas em algum momento, se preferir; na 11ª semana, um suco verde em algum momento, se preferir. No resto do tempo manter-se apenas com água de coco, chás (sem açúcar) e/ou água.*}

Como foi dito, esse é um protocolo de introdução gradual ao jejum de 36 horas, que leva perto de 3 meses, mas que a proposta é depois desse período manter semanalmente o jejum de 36 horas.

Algumas pessoas talvez prefiram acelerar esse processo, ou até mesmo não fazê-lo e simplesmente já partir para as 36 horas, como o caso da Alessandra que vocês assistiram o vídeo. No caso dela, ela ja foi direto nas 36 horas mas manteve-se com sucos.

JEJUM EM GRUPO
Quando o jejum é feito em grupo, fica muito mais fácil e motivador. Você pode combinar com amigos e familiares para fazerem juntos, isso cria uma força gregária que impulsiona todos a fazerem corretamente, e dá força nos momentos de fraqueza emocional e baixa da força de vontade.

Nós aqui do Nadi Yoga iniciamos recentemente esse processo em grupo, e tem sido muito estimulante. Interagimos pessoalmente nos horários de aula e também pelo nosso grupo no whatsapp. Caso tenha interesse em nos acompanhar nessa jornada, envie um e-mail para venicioln@hotmail.com com seu numero do whatsapp que adiciono você.

É isso, vamos jejuar então?

Um grande abraço

 


13 set

Alivie suas tensões e livre-se dos “sapos engolidos” com o Sopro Há [Yoga – Prática da Semana #02]

 

Você anda com muita tensão e engolindo muito sapo?

Pois essa semana, na prática de Nadi Yôga, vamos treinar o Sopro Há, uma técnica respiratória poderosa que possui muitas aplicações, entre elas:

• eliminar tensões e estresse,
• desinibir-se
• livrar-se dos “sapos engolidos”
• limpar as vias respiratórias
• refrescar a circulação sangüínea
• recuperar-se de processos de resfriados
• aquecer extremidades (pés e mãos) frias
• purificar a mente depois de termos estado em ambientes sórdidos, passionais, deprimentes, e em companhia de pessoas confusas, pessimistas, viciadas, malévolas,
• aliviar a depressão e o desânimo.

O mecanismo do Sopro Há é simples de compreender. Você já se observou que muitas vezes, quando está com tensão ou estresse você inspira erguendo o peito e, em seguida, solta o ar baixando os ombros e falando”ahhhh” ou “aai aii”? Ou quando uma pessoa recebe uma notícia ou informação de alívio, ela expira sussurrando a letra Áááá!

Esse é um mecanismo natural que o organismo tem para eliminar essas tensões. O Sopro Há dá um passo a mais e oferece uma purificação mais intensa, atuando em várias áreas do corpo e do psiquismo. Os três elementos – soltar os ombros, expirar, vocalizar o HÁ – se combinam numa receita poderosa que descongestiona tensões musculares, articulares, nervosas, emocionais, mentais e energéticas.

Especificamente na parte energética, o Sopro Há atua com mais intensidade no anáhata chakra (centro de força cardíaco) e no vishuddha chakra (centro de força da garganta).

O Sopro Há possui basicamente três variações. Essa semana faremos a mais simples e branda. Na semana que vem será a variação intermediária e na outra semana faremos a variaçao mais forte

Além disso, na prática dessa semana vamos treinar técnicas para:

• beneficiar a saúde dos olhos e lidar com vista cansada;
• fortalecer a atitude interior de aprimorar-se constantemente;
• revitalizar o sistema respiratório
• magnetizar e atrair suas intenções

Entre muitas outras técnicas e aplicações biológicas, emocionais, mentais, e energéticas, sempre trabalhando para nos desenvolver de uma maneira integral.

Yoga é um Método Milenar que proporciona Saúde Física e Mental, Equilíbrio Emocional e Desenvolvimento Pessoal.

Praticar Yoga nos torna abertos para ver a vida de uma forma mais ampla e consciente.

É isso ai. Espero por você.

 


5 set

Aperfeiçoe-se constantemente e tenha mais Vitalidade com o Yôga [Yoga – Prática da Semana #01]

Já estamos no início de setembro, e gostaria de lhe convidar para vir praticar Yôga conosco.

A cada semana trabalhamos aspectos diferentes que com o tempo vão se complementando para desenvolver você como um todo.

Nesta semana vamos trabalhar o Bhastriká, uma técnica respiratória poderosa que #hiperventila os pulmões, oxigenando mais o sangue, ajudando a elevar o Ph sanguíneo e nos dando mais saúde, disposição e vitalidade.

Vamos também iniciar o trabalho, que vai percorrer todo o mês, com o fator do Aprimoramento Contínuo, uma atitude interior poderosa que visa você aprender a manter-se no estado de aperfeiçoamento constante em todos os aspectos da sua vida.

E tem muito mais, que só vindo praticar para você sentir e vivenciar. Vamos trabalhar, coordenação, memória, consciência corporal, sensibilidade corporal artística, integridade, sem contar os aspectos mais energéticos e sutis.

Lembre-se que o Yoga não é uma ginástica, é uma filosofia de vida com disciplina física e mental que trabalha a individualidade de cada aluno com o foco de reduzir as tensões da vida diária.

As permanências nas posições, que são os ásanas, nos ajuda na concentração, na meditação, a perceber e educar a respiração, a ter mais foco, energia, agilidade e força.

Yoga é biológico, não agride e nem cansa os músculos, ligamentos ou vértebras. Contém também técnicas de relaxamento, respirações, concentração, mentalizações, meditação e por ai vai.


30 ago

Você se incomoda em meditar por 5 ou 10 minutos? Conheça então os vídeos Sitting and Smiling feitos por Benjamin Bennett

Canal do Benjamin Bennett:
Site entrevistando Benjamin Bennett:

Quero lhe apresentar um pessoa curiosa.

Antes disso te pergunto: Por quanto tempo você costuma meditar? Pelos populares 20 minutos? Ou 10 ou 5 minutos já é muito tempo para você? Ou você ainda não tem nem o hábito de meditar?

Você também não toma banho e nem escova os dentes?

Pois bem, pelo menos não é assim para Benjamin Bennett, tem tem postado em sem canal do YouTube os vídeos Sitting and Smiling, ou traduzido, Sentando e Sorrindo.

Em seus videos, esse rapaz senta-se, alinha-se e de repente solta um grande sorriso olhando para a câmera, e assim fica por, ACREDITEM, 4 horas. Isso mesmo nobre reclamador de 5 minutos de meditação, o Benjamin Bennett permanece 4 horas seguidas, ininterruptas, olhando e sorrindo para a câmera.

Agora sua mente preguiçosa, orgulhosa e crítica vem questionar: É montagem! Pior que não é, ele transmite essa sessão de 4 horas ao vivo, em Live Stream, para não restar questionamentos.

Esse rapaz está dando um exemplo de auto-superação. Teve um episódio que uma mosca sentou-se em sua testa, e ele permaneceu imóvel, sorrindo!

Noutra ocasião, ele estava com muita vontade de urinar, e fez ali mesmo, sentado e sorrindo.

Ta certo, isso foi exagero e nojento, mas concorda que não é qualquer um que tem peito para fazer isso, ainda mais ao vivo?

Houve também uma vez seu cômodo foi invadido um por homem, e o Bennett permaneceu lá, sentado e sorrindo, e o cara simplesmente foi embora.

Segundo alguns sites, o propósito de Bennett com esses vídeos é algo mais performático, chamado de arte duracional , que é mais sobre a resistência do artista do que o conteúdo da própria peça. Contudo, quando entrevistado de por que ele começou a fazer isso ele respondeu:

“Eu não sei. Parecia algo que a internet estava faltando. Parecia que precisava ser feito, e ninguém mais estava fazendo.”

Na descrição deste vídeo, e no nosso site, terá um link para uma entrevista que fizeram com o Benjamin Bennett

Em todo caso, independente do propósito dele, podemos dizer que essa técnica que ele utiliza é uma técnica meditativa, e que para algumas pessoas pode vir a ser poderosa.

Claro que talvez não sejam necessárias essas 4 horas, mas espero que o exemplo do Benjamin Bennett sirva de inspiração para você aprimorar sua prática meditativa.

É isso, um grande abraço

 


9 ago

15 características da ENERGIA ORGÔNICA (Prána, Bioenergia)

 

Você sabe quais as características do Prána, conhecido também por Chi pelos chineses, ou por Ki pelos japoneses, ou por Bioenergia, ou ainda por Energia Orgônica, entre outro nomes?

Essa energia deixou de ser uma força metafórica e hipotética para ser comprovadamente uma energia física, ainda que pouco estudada, divulgada e conhecida, até mesmo entre a maioria dos cientistas.

Ela possui inúmeras propriedades, características e aplicações. Segue então 15 de suas características:

  1. A Energia Orgônica é carregada e irradiada de todas as substâncias vivas e não vivas.
  2. Ela pode facilmente penetrar em todas as formas de matéria, porém com diferentes níveis de velocidade e influência.
  3. Todas as matérias afetam de alguma forma a energia orgônica, atraindo-a e absorvendo-a, ou também repelindo-a ou refletindo-a
  4. Ela é acumulada pelos seres vivos através da alimentação, da água, da respiração e pela pele.
  5. Ela pode ser influenciada, dirigida e moldada pela concentração mental de pessoas devidamente treinadas.
  6. Ela pode ser vista, sentida, medida e fotografada.
  7. Ela também se manifesta de forma livre na atmosfera e no vácuo.
  8. Ela é excitável, concentrável e espontaneamente pulsátil, capaz de se expandir e de se contrair.
  9. A carga de energia orgônica em determinado ambiente ou em certa substância, vai variar ao longo do tempo, normalmente de modo cíclico.
  10. A energia orgônica é mais fortemente atraída para coisas vivas, para a água e para si mesma.
  11. Ela apresenta excitação e atração mútua de separadas correntes de energia orgônica ou de sistemas separados carregados com prána.
  12. A energia orgônica pode seguir um determinado curso, ou flutuar de um lugar para outro na atmosfera, mas ela geralmente mantém um fluxo do oeste para o leste, movendo-se com a rotação da Terra, porém ligeiramente mais rápida.
  13. A energia orgônica é livre de massa.
  14. Ela também é negativamente entrópica.
  15. A energia orgônica se relaciona diferentemente com outras formas de energia, como a nuclear, eletromagnética, elétrica, fricção etc)

Quanta coisa interessante eim?. E quase ninguém sabe!