1 set

A Energia Universal

univ

 

Nós ocidentais nos referirmos a respiração apenas como, a absorção do oxigênio e seu uso através do sistema circulatório, os orientais já leva em consideração a absorção da energia universal ou vital, a esta energia os orientais a nomearam como, Prana (Índia), Chi (China), Ki (Japão). Essa energia é a soma de todas as energias do universo.

O calor, a luz, a eletricidade, o magnetismo, o som, a afinidade química, o movimento, são manifestações de prana, ki, chi. Tudo que se move ou tenha vida é uma expressão dessa “Energia Vital”.

No plano físico, constrói todos os minerais, que provoca a diferenciação e a formação dos diversos tecidos dos corpos das plantas, dos animais e dos homens. Essa energia vital é absorvida por todos os organismos vivos, uma determinada quantidade dessa energia é necessária para a sua existência, não é, pois, de maneira alguma um produto da vida, pelo contrário, o animal vivo, a planta e tudo mais é que são seus produtos.

Traduzindo para os termos ocidentais, Prana, Chi, Ki, no plano físico é vitalidade, é energia integrante que coordena as células físicas e as reúne num organismo definido; é a energia vital de que o organismo humano se apropria durante um breve período de tempo que denominamos “Vida”.

Sem a presença dessa energia o corpo seria então somente um agregado de células independentes, Essa energia vital ás reúne e as coordena num todo único e complexo.

O homem extrai energia universal de diversas fontes como o Sol, agua, ar dos alimentos e mais. A energia extraída do ar é assimilada pelo sistema nervoso e aproveitado para sua função, assim como o sangue oxigenado circula por todas as partes do organismo e cuida da sua reconstrução e reparação, assim também por todas as partes do sistema nervoso, levando-lhes força e vitalidade.

Da mesma forma que o oxigênio do sangue é consumido pelas necessidades do sistema, a provisão dessa energia vital é esgotada pelos nossos pensamentos, violações etc. Para mover um músculo o cérebro envia um impulso aos nervos e os músculos se contraem ocasionando um dispêndio de energia vital proporcional ao esforço realizado.

Um Yogi afirma que todos os estados doentios e anormais do corpo são causados diretamente por uma manifestação imperfeita ou fraca da energia vital e indiretamente por uma atividade mental prejudicial. A saúde é, portanto, o afastamento dos obstáculos que impedem a energia vital de agir de um modo absolutamente normal.

Quando respiramos apropriadamente, alimentamos cada parte de cada sistema do corpo. Todo ar que respiramos contém energia vital que proporciona vida e alimentar-nos-á se tivermos consciência bastante  para faze-lo atuar.

Existem muitos exercícios respiratórios que auxiliarão a desenvolver esta consciência. Eles podem ter efeito profundo sobre seu estado mental e físico e sobre seu desenvolvimento interior.

( Fonte: Svásthya Yoga – Marinho, Ana Maria- 3ª Edição. Editora Ground Ltda. 1988 S.P. 1988)


Autor: Ms. Claudio Ribeiro é Terapeuta holístico, Educador físico, filósofo, psicopedagogo, mestre em artes marciais


Saiba mais sobre nosso serviço de TAI CHI CHUAN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.